Conhecendo Kishimoto 4

conhecendo-kishimoto-4.jpg

Para conhecer bem um mangá é preciso conhecer também o seu autor. Por isso, e por outros motivos, as editoras de mangá publicam, junto aos volumes de seus mangás, algumas seções espalhadas pelo próprio mangá, contendo muitas informações sobre o mesmo. Vou, portanto, mostrar aqui uma série de detalhes biográficos publicados no mangá de Naruto, volume 7, edição brasileira. Para ver os anteriores clique em Conhecendo Kishimoto, Conhecendo Kishimoto 2 e/ou Conhecendo Kishimoto 3.

O MUNDO DE MASASHI KISHIMOTO

Biografia 4

A partir da metade do primário eu comecei a me interessar também em construir coisas. Gostava tanto a ponto de fazer com argila os brinquedos que não podiam comprar pra mim, mas chegou uma hora que não consegui mais aguentar.

Foi aí que tive contato com um modelo montável de um Gundan. Eu ganhei um no ano novo e fiquei montando sem parar. Depois, os modelos montáveis dirigidos por controle remoto entraram na moda e eu passei a brincar com eles também. Eu coloquei o nome de “Elephant” na minha miniatura e colei nela o símbolo de um elefante de plástico (influência de um mangá chamado “Radiocon Boy”). Sempre corria com ela. O modelo que tinha era uma Pajero, qu enão era muito veloz. Os modelos dos meus amigos e o do meu irmão sempre ganhavam de mim. Com raiva, seu reconstruí a Pajero usando um conjunto de peças de outro carro, o Grasshopper. Sem ao menos saber que estava aspirando o gás tóxico da solda fechado no meu quarto, terminei de fazer essa reforma com sucesso! Fiquei muito contente, pois as partes eram compatíveis com meu modelo… quer dizer, pelo menos achei que fossem, porque, no fim das contas, criei um novo problema. Como usei partes de outro carro, a carroceria da Pajero não se ajustou direito ao motor! Acabei fazendo uma reforma sem volta em que o corpo do carro ficou inclinado aproximadamente uns dez graus… Fiquei meio decepcionado, mas, convencido de que num modelo motorizado, mais do que a aparência, a capacidade é o que vale, desafiei meu amigo para uma corrida… mas perdi de novo…

No entanto, esses dois socos na cara não me desanimaram. Eu consegui um motor muito bom chamado “Black Motor Angels” e o coloquei na Pajero. Comecei a cantar vitória dizendo que com isso “eu não perderia de jeito nenhum!” Mas o motor era potente demais e uma fumaça começou a sair pelo controlador de velocidade…!

Era o fim da Pajero. Depois disso, eu a coloquei de enfeite no meu quarto. Lembro que me arrependi bastante de tê-la reformado com partes do Grasshopper.

ilustracao-da-biografia-4.jpg

Comentário meu: ¬¬

É, no final das contas, só aparência valia mesmo, já que o carro não funcionava mais. Só que, se for medir pela aparência… (>.<) é uma coisa que ele também estragou desde o começo…

Anúncios

~ por Alan Flamer em 10/05/2008.

2 Respostas to “Conhecendo Kishimoto 4”

  1. podriam ter fotos do minato( quarto hokage pai do nruto)

  2. rsrsrs!!! Nossa o Kishimoto não desiste mesmo que confusão deu esse carro!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: